Faça sua parte por um Carnaval com menos assédio, homofobia, e apropriação cultural.

https://prefeitura.rio/wp-content/uploads/2020/03/Carnaval-Balan%C3%A7o.jpg

  • Você gostaria de um carnaval sem esses machos escrotos assediando as manas empoderadas?
  • Quer um carnaval sem “fiu-fiu”, “gostosa”, “te chupo”, ou “bom dia“?
  • Quer um carnaval sem homofobia? afinal sabemos que a homofobia é preponderante no carnaval, que se tornou uma festa hermética e cristã.
  • Talvez o seu problema seja a apropriação cultural. Você quer um carnaval que as pessoas parem se se apropriar da fantasia do índio, fazendo com que os índios se sintam ofendidos e chorem (ainda que a índia em questão tenha se criado na Faria Lima)?
  • Ou talvez sua preocupação sejam as doenças venéreas, as pessoas comem e dão pra qualquer um sem qualquer proteção. Quer um carnaval com menos proliferação de doenças venéreas?
  • Talvez você esteja insatisfeito com a gordofobia, as pessoas andam pelo carnaval, só ficam com os tipos padrãozinho, tudo porque os corpos gordos não cabem em suas expectativas.
  • O que dizer então do crime? Celulares roubados! Carteiras afanadas! Você com certeza gostaria de não sofrer esses infortúnios no carnaval.
  • Talvez você esteja preocupado com o vandalismo. Pessoas quebrando o patrimônio público, fazendo xixi nas ruas. Como não conviver com esse problema?
  • Isso sem falar da militância gratuita e desnecessária. Hordas de zumbis vestindo verde e amarelo, ou vermelho, fazendo propaganda de um parasita corrupto. Ninguém merece esse infortúnio!

  • Quer saber como fazer sua parte para amenizar esses problemas todos?
  • Quer ter um carnaval sem conviver com todas essas inconveniências?
  • Pois é simples :

FICA EM CASA! FICA COM A PORRA DO CU EM CASA! ESTAMOS NO MEIO DE UMA PORRA DE UMA PANDEMIA, QUE ACABOU DE SOFRER UMA MUTAÇÃO E ESTÁ VOLTANDO A CONTAMINAR GERAL E VAI VOLTAR A MATAR GERAL DE NOVO!!!

PORQUE VOCÊ É UM PUTA DUM HIPÓCRITA! CHAMA O QUADRÚPEDE-MOR DA REPÚBLICA DE GENOCIDA, MAS VAI PRO CARNAVAL BEBER COM O CORONGÃO E BALANÇAR A RABA PRA CORONGA NENHUM BOTAR DEFEITO (by Lucho) VOCÊ É UM PUTA DUM HIPÓCRITA E FARÁ TANTA FALTA NA SOCIEDADE QUANTO NOSSO QUADRÚPEDE PRESIDENCIAL.

Com amor.

Penteadeira.

Em 2022, Rio de Janeiro terá um Carnaval “de tirar o fôlego”.

https://s2.glbimg.com/pdD05xfAgxD3F21PgUCFYg3Un-4=/984x0/smart/filters:strip_icc()/i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_63b422c2caee4269b8b34177e8876b93/internal_photos/bs/2021/e/h/rMcxZkShazUcfNnXWdpg/foto23cul-401-sds-d5.jpg

Até um mês atrás, havia uma grande preocupação entre os foliões do Rio de Janeiro, se o Carnaval de 2022 iria ser liberado. Havia o risco de ser cancelado por causa de um detalhezinho insignificante, uma pandemiazinha que só matou 600 mil pessoas.

Mas, os cariocas podem ficar tranquilos, a prefeitura acaba de liberar, não apenas os desfiles na Sapucaí, mas também dos blocos. E não é só isso, não haverá a necessidade de quaisquer medidas sanitárias adicionais.

Tal decisão é subsidiada em uma série de dados técnicos acerca do progresso do combate à Pandemia no Brasil. Em primeiro lugar, pode-se observar que os dados de novos casos e mortes estão caindo tanto, mas tanto, que até o próprio sistema do SUS responsável pela notificação dos casos e mortes acabou caindo também, imagino que pela falta de atividade.

Adicionalmente, pode-se verificar o avanço da cobertura vacinal. Mais de 80% da população da cidade já está completamente imunizada. Mesmo contando os casos em que a enfermeira só fingiu que vacinou a pessoa, ou a pessoa que tomou 8 doses, tá sossegado. Para os turistas, ou demais pessoas vindas de fora, também não haverá problema, pois o certificado de vacina será exigido. Que o sistema responsável pela emissão do certificado seja o mesmo que está fora do ar é um mero detalhe, um problema perfeitamente solucionável por meio de uma impressora.

Mas tenho certeza de que todos os problemas foram quantificados, pois a decisão de abrir o carnaval partiu de um comitê científico, sendo portanto, uma decisão completamente científica, e totalmente isenta de fatores políticos, ou de transferências PIX que não podem mais ser devolvidas.

P.S. Será que o comitê contou com esse cientista aqui?

Fonte : Extra.