Direitistas “lentinhos” cancelam humorista por causa de filme de 2017.

Não é mais segredo pra ninguém. Aquela galera conservadora (segue-se sem se saber o que tanto “conservam”), e que ia “acabar com o mimimi e a ditadura dos ofendidos” está cada vez mais mimizenta e se ofendendo por qualquer coisinha.

Papai Noel gay? Se ofendem. Superman bissexual? Se ofendem. Passarinho sendo vacinado? Se ofendem. Bruna Marquezine fazendo o papel do Besouro Azul? Se ofendem. Anitta rebolando o rabão? Se ofendem.

Até as coisas que eles adoravam, porque ofendiam esquerdistas, agora os deixam ofendidos também! Assim fica difícil amiguinhos.

No caso descrito, o autor da ofensa é o filme do Danilo Gentili “Como se tornar o pior aluno da escola”, no qual “Os estudantes Bernardo e Pedro têm dificuldades para cumprir todas as regras de uma escola que adota medidas politicamente corretas graças ao diretor Ademar. No banheiro do colégio, Pedro encontra um diário com dicas para instaurar o caos na escola sem ser notado.

Eu considero que zoar o politicamente correto é bater em cachorro morto. Qualquer hipérbole humorística com essa gente é impossível, pois uma semana depois vai ter militante no Twitter discursando a sério, o que na paródia é tratado como zoeira.

Entre outras cenas, a que ofendeu todo mundo foi essa aqui :

Pra quem não puder ver o vídeo, Fabio Porchat, no papel de tio/professor dos garotos (Não ganho o bastante pra ser obrigado a assistir esse filme inteiro) interrompe a briga dos dois e os manda “bater uma pra ele”.

Na época do lançamento do filme ninguém ligou muito (Ninguém também riu, afinal se trata do Fábio Porchat). Pra não dizer que não houve reação nenhuma, um crítico da Folha apontou que isso era um absurdo, que “não se faz piada com pedofilia”, bla, bla, bla, #piadasmatam, bla bla bla…

Só que, como na época, Danilo Gentili tava sendo perseguido pelo PT por causa da notificação extra-judicial que passou no saco, a galera bolsonarista tomou as dores e saiu perseguindo o crítico, até que a Folha terminou por demiti-lo, mostrando como os veículos jornalísticos enfrentam corajosamente a turba do Bolsonaro.

Corta pra 2022, o filme estreia na Netflix, mas os tempos são outros, o público evoluiu (Danilo Gentili criticou o parasita favorito deles). E agora estão in-di-gui-na-dos, acusando Gentili e Porchat de pedofilia, esquecendo que se trata de uma porcaria de um filme!!!

Piora? Piora!

Mostrando que o governo está sempre disposto a ouvir o cidadão (que tem louça pra lavar de menos, e tempo demais pra ficar choramingando na internet), o ministro da justiça Anderson Torres já disse que vai “tomar providências contra o filme”.

Uma pessoa muito cínica poderia até pensar que se trata de um esforço do governo para distrair a população dos fracassos em conter a inflação, a recessão, e o coronavírus. Mas eu jamais iria pensar dessa forma. Claro que o ministro só visa o bem estar das pessoas que se sentiram ofendidas com essa obra asquerosa de tanto mau gosto.

Quanto à posição oficial do Penteadeira de Puta, afirmo que pedofilia é um assunto sério demais para ser alvo de piadas. Se ainda tivesse sido discutido em um filme sério, com a participação da Xuxa e da Vera Fischer, eu até poderia considerar como uma crítica social necessária. Fabio Porchat não tem esse impacto, ninguém merece o pensamento de bater qualquer coisa que seja pro Fábio Porchat.

Dessa forma, deixo aqui a minha contribuição em forma de arte, para que a pedofilia seja discutida com toda a seriedade que o assunto merece :

Fonte : R7

O Drama do pastor que deu um golpe nos fieis, e nem viu a cor do dinheiro.

A história de hoje fala sobre aquele tipo de golpe que não dá pra ter pena de nenhum dos envolvidos, aquele golpe que envolve um bando de vagabundos querendo se dar bem em cima dos outros, mas no final, só um efetivamente consegue.

Nossa história começa em Goiânia, numa igreja evangélica, com um pastor cego chamado Osório José Lopes.

Apesar de cego, isso não impediu o pastor de enxergar uma oportunidade de tirar dinheiro de outro bando de cegos do pior tipo : Os que se recusam a ver a cagada federal que estão fazendo.

O golpe envolvia Osorinho interpelando os fieis da igreja, alegando ser possuidor de títulos de dívida pública americanos, e que necessitaria de uma contribuição financeira a fim de resgatar esses títulos, prometendo em troca, uma parte da remuneração ou do valor do título.

Esse golpe é antigo, o finado fraudes.org descrevia como sendo o “Golpe dos papeleiros“, que envolvia, entre outros papéis, LTNs da década de 70, C-Bonds, letras hipotecárias, e obrigações da Eletrobrás. O que deixa o golpe aqui citado em destaque é…vejam vocês :

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o Osório falou que após a segunda guerra mundial, a América criou um sistema de agregação financeira em 209 países. Segundo ele, esses países reuniram “o que tinham de melhor” e levaram para os Estados Unidos.

“Eles distribuiriam a chamada ‘letra do Tesouro Mundial’, só que com o decorrer dos anos, muitas dessas letras sumiram. O Brasil tinha 19 letras e só contém quatro. Entre as 4, eu sou o único que possui uma delas”, falou no vídeo

A advogada completou que o pastor fala que o valor a ser recebido por ele seria em octilhões de reais. A mulher disse que Osório chegou a prometer 2 quatrilhões de reais a quem desse 200 reais para ele.

Vamos ver alguns números para fins de comparação :

PIB dos EUA : US$ 20,94 trilhões – US$ 20.940.000.000.000,00

PIB mundial : US$ 84,71 trilhões – US$ 84.710.000.000.000,00

Um quatrilhão de dólares – US$ 1.000.000.000.000.000,00

Um octilhão de dólares – US$ 1.000.000.000.000.000.000.000.000.000,00

Será que tá meio exagerado?! Não, magina! Seems totally legit, man!

Bem, pelo menos soou legítimo pra um monte de gente, que vendeu casa, apartamento, fez dívida, e entregaram um total de R$ 15 milhões de reais na mão do pastoreco.

Ah, sim, Osorinho já havia sido preso em maio de 2018 com um golpe mais ou menos parecido, porém, um pouco mais modesto, pois o pastor dizia que o título era de ‘apenas’ um bilhão.

Às vezes eu fico pensando que tenho uma estrela da sorte muito boa, pois essas ‘oportunidades’ nunca aparecem na minha frente. Aí eu me lembro que não sigo celebridade de Instagram, nem frequento igreja de enganar trouxa.Isso deve explicar tudo.

Mas lembrem-se : Religião torna as pessoas mais éticas!

Fonte : G1

Posts da semana XV (06/03 – 13/03/2022)

Uma semana bem atribulada na faculdade e no trabalho, mas mesmo assim, consegui pôr alguma coisa aqui. Vamos aos posts :

Mundinho livre : Carteira de criptomoedas evapora do nada. Corretora manda um “Te fode aí!” : Como esconder o seu rico dinheirinho do Estado malvadão. Esse aí escondeu bem até demais.

Outline caiu! E agora?! : Mais uma alternativa contra a usura dos portais de notícias.

Desmotivacional da Semana : Ostentação : Pra quem acha que os pobrinhos só querem igualdade social.

“Guerra do silicone” causa mortes no Rio de Janeiro. : Os riscos de empreender em uma atividade ilegal.

É isso aí, pessoal! Até a próxima semana!

“Guerra do silicone” causa mortes no Rio de Janeiro.

“Primeiro vêm os inovadores, depois os imitadores, e por último os idiotas”. A famosa frase pode ser interpretada como : Primeiro alguém inventa ou descobre um novo processo, produto, ou nova tecnologia. Aí, em seguida, começam a pipocar as imitações toscas e de qualidade inferior, e por fim os idiotas compram essas imitações toscas e não percebem nenhuma diferença (até ser tarde demais).

Foi o que aconteceu com as próteses de silicone : Assim que perceberam que podiam aumentar a região glútea e os peitos, assim atraindo todos os homens e despertando inveja nazinimiga, as mulheres correram para as clínicas para implantar as próteses de silicone.

Estando no Brasil, claro que não ia demorar para surgir um mercado paralelo e clandestino de aplicação de próteses. E piora, porque silicone não é uma substância, e sim uma classe de substâncias, e essas clínicas clandestinas se especializaram na aplicação de silicone industrial nas clientes, aí é só esperar a merda acontecer e Darwin correr pro abraço.

Entra em cena a Dra Marcilene Soares Gama uma das grandes Players no mercado de falsas médicas aplicadoras de silicone industrial.

A clínica de Marcilene, ou Lene, como é era chamada enfrentava uns pequenos probleminhas com a concorrência, mais especificamente essa moça aqui.

O nome da beldade acima é Fernanda Silva de Almeida, mais conhecida entre os amigos como Fernanda Bumbum.

Lene e Fernanda Bumbum estavam se enfrentando acirradamente em uma guerra pelo mercado de aplicações ilegais de silicone industrial na região da Baixada Fluminense. O problema, é que quando se atua em um mercado ilegal, os casos de concorrência desleal não são exatamente resolvidos no CADE.

É aí que entra em cena um terceiro elemento :

O nome do rapaz braçudão aí acima é Diego Luiz Teodoro dos Santos, mas não se impressione muito com o fisicozão do cara. Primeiramente porque o garoto era cliente da Fernanda Bumbum, e você já pode imaginar onde as aplicações de silicone industrial foram feitas (não querendo julgar, mas esse braço tá bem desproporcional ao antebraço fininho). Segundamente, o rapaz está morto, ou seja, atualmente reduzido a um esqueleto com duas muxibas de silicone penduradas em cada braço, e um silicone de péssima qualidade ainda por cima.

Resumindo a história : Fernanda Bumbum pagou 10 mil reais pro sujeito ir até o consultório de Leni dizer que queria dar uma bombada no bíceps, mas na verdade, ele passou o cerol na moça e ainda levou todos os objetos de valor que achou dentro da clínica.

Infelizmente, apos terminar o serviço e dar conta de Leni, o rapaz descobriu, da pior maneira possível, que Fernanda, uma falsa médica que atua num mercado ilegal e que mandou matar a concorrente, não era uma pessoa muito confiável, e acabou também indo pro colo do Satanás. Eu fico muito triste com uma notícia dessas.

Infelizmente também, a mãe do rapaz, sabendo do crime que ele cometeu, e suspeitando da queima de arquivo, não fez como o Pica Pau, e comunicou a polícia, resultando na prisão de Fernanda Bumbum e de outra cúmplice no crime, que não foi esclarecido se tal cúmplice aplicou silicone, nem em qual parte do corpo.

Fonte : G1

P.S.: A imagem que abre o artigo é do anime Keijo, caso o cachorro de vocês pergunte.

Outline caiu! E agora?!

Se vocês acompanham o Penteadeira há algum tempo (quatro meses, a idade do blog), sabem que alguns dos links usados como fonte para as notícias foram colocados com o encurtador do Outline porque o maldito do jornal colocou uma droga de paywall na frente da notícia, e exige uma assinatura para você poder ler uma página na internet.

Se vocês vem acompanhando a internet nos últimos dias, sabem que o Outline saiu do ar nessa semana, retornando uma página em branco.

Aviso a vocês que ainda não existe explicação oficial para a queda do Outline, (diferente da ausência de textos no Penteadeira de Puta esta semana, que já foi, no Twitter, totalmente explicada).

Mas, palma palma, não priemos cânico, existe solução para esse problema (A queda no Outline, não a agenda lotada deste humilde blogueiro).

Os links das notícias Paywallzadas podem ser colados no https://www.printfriendly.com/ e você terá uma versão gratuita, linda, cheirosa, e sem propagandas.

https://www.printfriendly.com/

E repitam comigo : PAYWALL É PRA JACU!!

Mundinho livre : Carteira de criptomoedas evapora do nada. Corretora manda um “Te fode aí!”

A vida é muito difícil para os ancapinhos. O Estado malvadão lhes tira uma fortuna em impostos (ou tiraria, se tivessem emprego). E como se isso não bastasse, ainda os obriga a fazer um monte de coisas : Obriga a usar máscara, obriga a tomar vacina, obriga a limpar a bunda, obriga a lavar o pinto (Sim, a grande maioria dos ancapinhos é homem).

E além disso, o ancapinho, após uma certa fase da vida (ou consumindo uma determinada quantidade de “erva de artista”) se transforma em um sovereign citizen : Um sujeito que fica fingindo que o Estado não existe e que não tem que obedecer as leis, igualzinho um bando de toscos de esquerda ficaram fingindo que o presidente do Brasil era o José de Abreu.

A galera ancap poderia simplesmente resolver seus problemas, indo morar no meio da selva amazônica, onde na prática o Estado malvadão não alcançaria nenhum deles. Curiosamente essa solução nunca é tentada.

Mas os ancapinhos têm seus próprios planos para escapar do poder estatal e fundar o ancapistão, onde funcionaria a sociedade livre que tanto querem. Um deles é o bitcoin, a moeda virtual que surgiu como uma gozação, e cujo valor em dólar vem subindo cada vez mais…ou será que vai ser o Etherium? Ou o Dogecoin? Ou o Monero? Sim. Tem criptomoeda para cada tribo de ancapinhos, igualzinho no feudalismo.

Enquanto isso, o André definiu muito bem o que são as criptomoedas :

Você tem um monte de nada, mas jura que vale aquilo. Outros como você acreditam piamente. Alguns mineram essas criptomoedas. É como pegar uma folha de papel, desenhar uma nota de dinheiro e tirar muitas xerox, depois vende estas xeroxes para alguém que acha que aquilo vale alguma coisa, mas você não compra um pão na padaria com elas.

Um grande problema da galera libertária é, justamente, como armazenar essas criptomoedas. Alguns acham que a melhor saída é transferir para mídia física e estocar tudo em casa, voltando ao costume neandertal de estocar dinheiro físico em casa. Outros usam corretoras criadas por outros ancapinhos com a exclusiva finalidade de estocar e transacionar criptomoedas. O que poderia dar errado?

No caso, deu muito errado para um auditor do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (Sim, no Brasil ancaps fazem concurso público.) e que enviou 38,3 mil reais para a Binance comprar Bitcoin, Chainlink, Polkadot e Cardano.

Após esse investimento diversificado, o sujeito fez o download da carteira para a Trust Wallet, que pertence à Binance, e depois transferiu para o dispositivo físico. No dia seguinte, o seu monte de nada transformou-se em um vistoso e retumbante nada, já que as criptomoedas do moço evaporaram do dispositivo.

Após isso, ele procurou a delegacia de polícia virtual, registrou um boletim de ocorrência, além de procurar o suporte da Binance, que já mandou um migué, dizendo que não tem nada a ver com isso, que a culpa foi dele, mais sorte na próxima vez.

Claro que, não concordando com o diagnóstico da corretora, o sujeito resolveu procurar o Estado malvadão e ineficiente. E já entrou com o Sr. Processão em cima da Binance para reaver o dinheiro. Poxa companheiro! Assim você fere a PNA.

Ah, sim, só dizendo : Se um dia eu tiver o cartão clonado, o celular roubado, ou mesmo sofrer um sequestro relâmpago (essa última mediante seguro), e a minha conta for depenada, o banco ressarce os valores subtraídos. Mas isso é pra quem vive na civilização e não no mundinho de Marlboro da religião ancap.

Fonte : Livecoins.

Posts da semana XIV (27/02 – 05/03/2022)

Boa noite, leitoras e leitores!

Décima quarta semana de blog. E mais um carnaval em casa por conta da COVID. Com esse já são 30 anos.

Vamos aos posts que foram publicados na semana :

Desmotivacional da Semana : Coach : Você realmente acha que vão lhe ensinar a ser bem sucedido?

A tragédia da militar que foi sugada além dos limites, e acabou hospitalizada. : O exagero sempre leva ao arrependimento.

O Fim do Penteadeira de Puta. : Todas as coisas boas têm seu fim (e as não tão boas também.)

Perca seu medo de amar, com PhotoChopp : Álcool : Ajudando gente feia a se arranjar desde os tempos do antigo Egito.

Perfis Sortidos do Tinder. : Para os solteiros e solteiras que seguem este blog.

É isso aí, pessoal! Até a próxima.