“Lave os boy lixo do seu útero”, diz medicina alternativa.

Do Phishing do ditador nigeriano, ao marketing multinível, ao golpe da webnamorada, existem diversas maneiras de tirar dinheiro de gente trouxa. Mas nenhuma delas é tão difundida e socialmente aceita quanto a chamada medicina alternativa.

A história de hoje nos traz uma enganação que mistura medicina alternativa, bobajada new age, culpa cristã, e o bom e velho ódio à ciência prevalente no Brasil.

Tudo começou quando inventaram a homeopatia, uma ciência que descreve a água como tendo uma memória química, o que a faria guardar nessa memória os princípios de cada substância que tivesse sido misturada nela. Talvez você ache isso uma besteira que contraria todos os princípios de funcionamento da química, mas para uma explicação detalhada de como a homeopatia funciona, clique nesse link.

Dessa forma, um grupo chamado “Sagrado Feminino”, descobriu, de forma lógica, que o mesmo princípio de funcionamento da homeopatia poderia ser estendido às partes do seu corpo, por exemplo o útero, que guardaria uma “memória” de todos os homens com quem você se relacionou na vida.

E, como diz a galera da Polyshop, “mas não é só isso“, ocorre que seu útero não é tão simples quanto pensa, cabe seus “ex”, os “ex” da sua mãe, os “ex” da sua avó, da sua bisavó, cabe três vidas inteiras, cabe uma penteadeira, e provavelmente esteja abrigando até o Bin Laden.

Mas, seus problemas acabaram! Por um precinho módico, a medicina alternativa se propõe a acabar com todo e qualquer problema que você nem sabia que existia, até a medicina alternativa descobrir que existia.

Por um pequeno e módico preço, que pode ser dividido no cartão em suavíssimas prestações mensais, seu útero pode ser lavado, passado, engomado, e estará novinho em folha para ser ocupado por novos amores (ou você pode mandar uns boletos cobrando aluguel. Vai que…)

Tendo em vista que homeopatia, reiki, rezadeiras, e nebulização de Cloroquina já são modalidades em prática no SUS, e reconhecidas pelo CRM, é questão de tempo para que a lavagem de Útero seja implementada e defendida por políticos.

E você nem ouse criticar, afinal você não tem útero, não tem lugar de fala, e no final das contas vai ter que emitir uma declaração pública pedindo desculpas por ter nascido homem.

Quanto a este blog, a posição oficial é que o Penteadeira de Puta apoia totalmente a lavagem úterina como um direito das manas empoderadas. Inclusive sugiro um equipamento porreta para ser utilizado.

Fonte : Estragão da Gabriela Bailas.