Mãe antivaxxer vai à justiça pelo direito de não vacinar a filha. E é ouvida!

Antivaxxers são seres muito engraçados. Não importa quantos dados você mostre, de que a maioria das pessoas que estão morrendo de Covid pertence à minoria de não vacinados, continuam relinchando suas bobagens de que vacinas não funcionam, tal qual criança chata que diz “Num tô ouvindo nada lalalalala vacina não funciona lalalala…”

Repetem o mantra “vacina experimental” para uma vacina que já foi mais do que testada e aprovada em vários países, e depois de mais de um ano da aplicação, não resultou em nenhum problema.

E mudam as balizas como loucos, no inicio era um plano da zelite para reduzir a população em 6 meses (com que finalidade?!), depois virou um plano pra injetar chip na população, depois para injetar 5G, depois pra matar os atletas (que se enchem de trembolona). Chegaram até ao absurdo de comparar vacina com estupro (imagina que legal seria isso pra uma vítima de estupro de verdade). E o argumento imbecil da moda é o de “O Estado num manda em mim lalalalalala o Estado num manda em mim lalalalala…”

Às vezes, numa ironia do destino, para fugir da opressão do Estado malvadão, a pessoa acaba recorrendo ao próprio estado malvadão. O que poderia dar errado, não é mesmo?

Tal foi o caso de uma mamãe muito zelosa, seguidora daqueles grupos de mamães do Facebook, que disputam quem cria o filho de forma mais natural, sem produtos químicos, vacinas, medicamentos, no máximo chazinhos e outros produtos que a natureza lindinha pode nos oferecer.

Além disso, a mamãe natureba também sabe que a vacina não passa de um experimento concebido pela big Pharma, que comprou toda a ANVISA, com o objetivo de enfiar uma agulhona malvada nas nossas criancinhas, e transformá-las em zumbis robotizados a mando dos Illuminati Bilderburger Reptilianos do Lula (É verdade sim, gente! Eu vi no Zap!).

Mas, havia um pequeno probleminha. O colégio onde a sua filhinha estudava exigia o comprovante vacinal, e por aqui não tem aquele médico gente boa da França, que imprime o certificado por um precinho camarada. A quem recorrer então?!

À Justiça!!

Nossa mamãe natureba vai à justiça pedindo habeas corpus para a filha, pois a sua querida coronguinha estaria sendo cerceada em seu direito de ir e vir. Sem poder ir ao colégio e vir de lá, como ela iria poder compartilhar o coronga com os amiguinhos? E tudo isso por quê?! Só por causa de 300 1400 crianças que morreram?! Ainda tem muito mais criança no Brasil, tá tranquilo!

O bom de tudo, é que a justiça ouviu a mamãe e as suas razões. O que responderam, é que não foi lá muito favorável para ela.

Na decisão, com data de ontem (3), a “Diferentemente do alegado pela impetrante, os fatos narrados na petição inicial não noticiam que o Colégio Pedro II estaria violando direitos da paciente. Pelo contrário, os fatos narrados revelam que os pais da paciente estão violando seus direitos fundamentais à saúde e à educação. A petição inicial é, portanto, notícia da prática de ilegalidade pelos genitores da paciente”, concluiu a juíza.

E, como diria a propaganda, “mas não é só isso!”

Ela determinou que o Ministério Público e o Conselho Tutelar sejam acionados para tomar as medidas cabíveis contra os pais da estudante e resguardar o direito da menina de ser imunizada contra a covid-19.

Ou seja, ou nossa amiguinha agora vai, obrigatoriamente, ter que ir ao postinho vacinar a filhinha. Sob a pena de encarar o Sr. Processão do Ministério Público e, possivelmente (Tomara!) ir pra cadeia e ver a alma do Professor Olavão nascer quadrada!

Antivaxxer tem mais! Muito mais!

Fonte : Agência Brasil

Melhor Jair se vacinando!

https://ogimg.infoglobo.com.br/in/24925228-d72-33e/FT1086A/90884176_BrasilBrasilia16-12-2020-Governo-lanca-Plano-Nacional-de-Operacionalizacao-da-Vacina.jpg

Nossos amigos conservadores finalmente descobriram o plano bizarro e maquiavélico engendrado pela esquerda para tirar a eleição de 2022 das mãos do messias Bolsonaro, e dar a vitória para o Lula, ou pior, pro Moro!

É um plano simples, porém genial em sua simplicidade.

Tendo em vista o fato de que os esquerdistas estão se vacinando em massa, enquanto que a direita está procurando soluções alternativas, como Cloroquina, Ivermectina, Estricnina, Tubaína, e outras Inas, no dia das eleições, esses canalhas do Supremo irão cobrar o passaporte vacinal em todos os locais de votação, haverá poucas vacinas nos postos de saúde, uma briga generalizada irá acontecer entre os conservadores, muitos deles serão presos, e o Biroliro terá que amargar uma derrota.

Graças a Deus (ou a Deuxx!) o plano foi descoberto a tempo. Agora, só resta à nação conservadora se prevenir, procurando o posto de saúde mais próximo, e completando o ciclo vacinal o mais rápido possível. Vai que o Supremo resolve adiantar as eleições só pra não dar tempo da galera se vacinar!

Vamos correr para os postos de saúde, amigos!

Espalhe esse post para 20 direitistas, e o Bolsomito vai aparecer na sua casa e lhe dar uma foto autografada!

Espalhe para 30 direitistas, e o 04 irá namorar com sua filha!

Se você não repassar para ninguém, no dia seguinte a sua filha irá namorar com um maconheiro de esquerda, e ainda por cima vai casar com ele, e perder o direito a pensão.

#Bolsomito #Selva #Luladrão #PTDestruiuoBrasil #MoroTraidor #Globomente #Hashtag

Britânicos burros descobrem que a vacina não protege quem cochila.

Se tem uma coisa que a pandemia de Covid-19 dos últimos dois anos nos ensinou, é que as pessoas são burras. E se tem outra coisa que essa pandemia também nos ensinou é que não, elas não aprendem.

Graças aos últimos avanços científicos, como, por exemplo, vacinas de ácido nucleíco, ou baseadas em vírus modificados, o desenvolvimento da vacina para o Coronavírus, ou Covid-19, ou SARS-Cov-2, ou Coronga The Killer, foi realizado em tempo recorde, havendo diversas vacinas disponíveis e já sendo distribuídas em massa há quase um ano.

Apesar disso, um grupo de idiotas chamados antivaxxers fica fazendo birrinha para não tomar vacina, enquanto governantes, sempre dispostos a ouvir o povo (que tem tempo livre para ficar bostejando na internet) ficam dificultando a distribuição da vacina e receitando remedios que não funcionam no lugar. Aí acaba que um monte desses idiotas (tanto os Antivaxxers, quanto os governantes) vira plaquinha de petri, pro vírus sofrer uma mutação, e os números de contaminação acabam indo novamente para casa do caralho.

Então, acabou que no Reino Unido, um monte de comedores de fish and chips se contaminou com o corongão e aí, depois de contaminados é que foram implorar pro médico “me dá a fucking vacina pelo amor de Deeeeeeeussss!!!”. O que demonstra que as criaturas sabedoras de todos os meandros das conspirações governamentais envolvendo a big Pharma, não sabem sequer como uma vacina funciona.

Da minha parte, eu recomendo que todos esses que se encontram nessa situação tomem remédio pra verme. Quem sabe faça efeito e aí teremos vários vermes a menos na Terra.

Fonte : UOL